Desabafo de Aniversário

13:02

Quantas vezes delegamos para o dia do nosso aniversário tudo o que queremos que aconteça de bom? E quantas vezes assim não o é?
Pois bem... Á medida que vou fazendo anos e crescendo nas desilusões e ilusões, deparo-me com atitudes que bem que deveriam desaparecer...
Tenho um relacionamento há 7 anos. Há sete anos que espero tudo quanto de bom que venha da outra parte. Foi lindo nos primeiros tempos... Depois instalou-se a monotonia característica típica de um relaxar de rotinas a sobreporem-se a quaisquer manifestações novas.
Ontem, no dia do meu aniversário aconteceu a derradeira desilusão.
Ele disse que não teve tempo para me comprar a prenda (que já lhe tinha dito há mais e constantemente desde há três meses para cá)!.
Claro que não teve tempo. Não teve hora de almoço? Não teve os cafés que toma com os colegas de centro comercial? Aliás... Era só o meu aniversário...
Deu-me dinheiro e eu que me desenrasque mais uma vez (tem feito isto sempre em datas importantes) a ir comprar... Não teve o carinho nem cuidado de perder nem que fossem 5 minutos a ir à loja e escolher... Pagar... Até porque há devoluções... Restituições de dinheiro... Não. Não valho o tempo nem o esforço de perder qualquer tempo que seja...
Triste descobrir que ao fim de 7 anos é isto que mereço...

You Might Also Like

3 comentários

Like us on Facebook